Dia de Descanso

Hoje quero que sejam voçês a colocar aqui aquilo que vos vai na alma🙂 então, mandem-me por mail o quiserem escrever sobre estes dois assuntos em baixo e eu vou actualizando o post para ficar para a posteridade:

– O que vos motiva?
– Em que pensam quando estão a treinar e querem desistir mas continuam e continuam e continuam? (para além de me insultarem por ter colocado aquela missão :))

Pensem nisso e escrevam, garanto que vos vai ajudar😉

Descansem

A única que me enviaram!!! Vá lá pessoal esforçem-se🙂


Ponto 1: Se a missão de hoje era descansar… eu cumpri-a na perfeição!🙂

Ponto 2: Quanto a esta proposta que nos foi feita (de exteriorizar o que nos passa pela cabeça quando treinamos e o que nos alimenta para que o treino seja levado até ao fim), certamente cada um de nós tem uma forma de pensar, de agir, de lidar com os desafios, tarefas, qualquer que seja a situação, diferente. 

O que me motiva? Não é fácil sintetizar ou transpor aquilo que me dá alento ou força para fazer estes treinos, mas uma coisa tenho sempre em mente: o desafio. Foi assim que encarei estes treinos desde o inicio e ainda é assim que os vejo… talvez o que me motive seja isso mesmo: todos os dias ter um desafio para cumprir.
Posteriormente, junto os resultados, que pacientemente começam a ser visíveis. Não comecei a realizar estes treinos com um objectivo específico, mas sim geral: melhorar toda a minha performance. Mas o facto de começar a sentir mais força,  notar mais massa muscular… de começar a aperceber-me das mudanças é também um factor motivante, que me dá força e vontade de não parar.

O que penso quando estou a treinar?🙂 Ora, no início de cada treino, involuntariamente, quase sempre já levo uma expectativa do que ele ira ser. Encaro umas missões com mais agrado que outras, e algumas daquelas que envolvem os aspectos onde estou com mais dificuldades, tornam-se torturas psicológicas.🙂 Isto porque apesar de eu saber que são esses os exercícios que precisam de mais tempo, dedicação, treino… (e apesar de eu ter muita vontade de fazer mais e melhor), quando estou num ginásio, é inevitável que me iniba de realizar esses exercícios perante tantos olhares curiosos, críticos e cépticos. Isso deita-me um pouco abaixo…

Quando estou a realizar qualquer missão que seja, os primeiros minutos são de pura descarga de energia, começo cheia de força e vontade, mas como é lógico, o cansaço vai lutando contra esta “garra” e os pensamentos: “não consigo mais”, “ta a doer muito”, “preciso descansar”, “dizia ele para fazer com x peso? Se com y já custa isto, deve ser louco…”, “só faço mais esta”, começam a tomar conta de mim.

Ora o que é que eu penso para conseguir completar a missão? Penso para mim que: já tive desafios mais difíceis e que os consegui completar, por isso este também conseguirei; penso que o esforço que estou a fazer é mais preguiça que outra coisa pois sei que estou longe do meu limite, há sempre força para mais uma; penso no compromisso que assumi comigo mesma, e que tenho que conseguir termina-lo, é só mais um esforço e posso descansar depois; penso que dói, mas que doer é bom, se fosse para não doer, tinha ficado em casa a ver TV ou a jogar Chicken Invaders; penso em… nada, ou pelo menos tento apenas abstrair-me dos pensamentos de derrota. 

No fim de cada missão completa, o pensamento é quase sempre o mesmo: Valeu a pena! ;)”

One thought on “Dia de Descanso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s